Bem bons Recentes...

Mostrar mensagens com a etiqueta Entradas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Entradas. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, Fevereiro 6

Ovos de Codorniz Escoceses / Scotch Quail's Eggs

Hoje a sugestão surgiu vinda de uma revista de outras terras.
Uma sugestão para se usar as famosas salsichas frescas que muitas vezes cozinhamos da mesma forma.
Aqui damos lhe um outro ar, um novo formato e com uma surpresa no interior.
Pode se servir como prato principal ou como entrada, em qualquer dos casos garanto que vão gostar!





Ovos de Codorniz Escoceses / Scotch Quail's Eggs 
da revista "Olive" Janeiro 2014

12 ovos de codorniz
10 salsichas  frescas de porco ou aves 
2 c. sopa de salsa (usei coentros)
1 c. chá de mostarda de Dijon
2-3 c. chá de farinha, temperada com sal e pimenta
2 ovos, batidos
Pão ralado q.b

  1. Cozer os ovos de codorniz em água a ferver por 2 minutos.
  2. Retirar e colocar os ovos imediatamente em água gelada por uns minutos.
  3. Retirar-lhes a casca com cuidado e reservar-los.
  4. Eliminar a pele das salsichas e à carne juntar a salsa, a mostarda e temperar a gosto.
  5. Com as mãos amassar  de modo a que fique tudo bem incorporado.
  6. Dividir em 12 bolas de carne.
  7. Espalmar cada bola na palma da mão, colocar um ovo de codorniz deitado e depois fechar a bola cobrindo bem o ovo. Repetir com o resto das bolas e ovos.
  8. Passar cada bola por farinha, depois pelos ovos batidos e por fim no pão ralado.
  9. Levar so frio por 20 minutos.
  10. Fritar em óleo quente por 4-6 minutos  e escorrer em papel vegetal.
Nota: ( Eu coloquei o óleo a lume médio pois o primeiro ficou frito por fora e não cozinhou por dentro, daí deixei mais tempo a fritar, virando várias vezes e em óleo menos quente.)




Nº de porções: 12
Tempo de preparação: 40 minutos
Dificuldade: **
Ingrediente Principal: Salsichas frescas e ovos de codorniz
Prato: Carne, Entrada
Vegetariano: Não
Apto para crianças: Sim


Bem bom...

quinta-feira, Dezembro 12

Quark Dip

Hoje deixo vos uma pequenina sugestão para a mesa de Natal.

Mesa que se preze tem de ter um patézito e umas tostas, mas como o normal por aqui é o paté de atum, tenho andado à procura de alternativas. 
Descobri este Dip, que é como quem diz, molho-tipo-queijo-para-mergulhar-as-tostas.
Podem se fazer muitas variações e combinações, usando o que houver por casa.




Quark Dip

250 gr de queijo Quark**
3 c. sopa de maionese
1 dente de alho, picado finamente
1/2 cebola, picada finamente
Sumo de 1/2 limão
Cebolinho q.b
Sal e pimenta q.b

  • Misturar todos os ingredientes e temperar a gosto.
  • Servir com tostas.
Nota: 
Podem acrescentar outras combinações: 1 c. sopa de mostarda de Dijon; pimenta rosa q.b; 3 anchovas picadinhas; 1/2 chouriço picado;Azeitonas q.b; alcaparras q.b.

** Queijo Quark é um tipo de queijo fresco batido,e encontra se à venda no Aldi. Pode ser substituído por queijo fresco magro.



Bem bom...


quarta-feira, Novembro 27

Bolo Salgado de Legumes

Tenho uma boa quantidade de livros de culinária e tem tendência para aumentar!
Até posso estar um tempo sem comprar ou oferecerem me algum,mas quando compro tenho sempre uma lista de uns quantos que me conquistaram...

O livro tem de ter certas especificidades que me agradem:
-as fotografias tem de ser apelativas (adoro quando a receita vem acompanhada do resultado final, pois não gosto nada quando leio a receita e tenho de estar a imaginar como vai sair); 
- as receitas práticas ( não gosto de muita elaboração, perco logo a vontade);
- a linguagem simples e clara ( não gosto nada quando usam grandes palavreados);
- receitas diferentes e diversas (acho que já perceberam que gosto de experimentar coisas diferentes do habitual pelo que o livro tem de ter isso mesmo...);
- Ahhhh!!! e o preço simpático (compreendo que os livros tenham um custo alto a quem os produz mas sejamos sinceros,  mesmo que um livro tenha meia dúzia de receitas boazinhas, seja de alguém famoso,e até pode ser uma bíblia de culinária, mas se o preço for de loucos, podem ter a certeza que as vendas não vão ser boas e nessa altura perco o interesse, tem de haver um equilibrio entre a minha carteira e o valor real do livro);

Bem sabemos que é quase impossível gostarmos de todas as receitas que nele vêm, mas também não o vamos comprar porque gostamos de duas ou três, logo apesar de ser louca por livros antes de comprar um tenho a fase do enamoramento, em que leio e folheio milhentas vezes, mas não compro.
Depois volto a folhear e começo a suspirar por me imaginar no sofá a lê-lo, mas não compro.
Depois passo à fase de pensar vezes sem conta naquela receita que me deixou presa, mas não compro.
E chega a fase do tentar que o marido ofereça para ter a desculpa que não sou só eu a comprar os livros.
Mas se a mensagem não é "recebida" por completo, lá vou eu render me ás evidências e lá vou buscar o "bichinho"....
Será que sou só eu assim????
Quero acreditar que não, mas se for...paciência!!!

A receita de hoje vem de um livro que passou pelas fases todas, excepto a da mensagem encriptada para o marido, pois a whislist do Natal está mais que enviada....
O livro "Deliciosa Cristina" é recente, da apresentadora de televisão da TVI, e se bem sabia que ela gostava de comer, fiquei também a saber que sabe cozinhar e o livro espelha isso mesmo...
Receitas simples, práticas, com fotografias apelativas e um preço bem simpático...
Em suma, my kind of book!!!! 



Bolo Salgado de Legumes
do livro "Deliciosa Cristina", pág. 106

Tempo de preparação: 1h20m
Para crianças: sim
Vegetariano:sim
Ingrediente principal: Vegetais

1 curgete pequena
1 cenoura
150 gr de feijão verde
1/2 pimento encarnado (usei pimento doce)
5 ovos (separar gemas de claras)
200 gr de manteiga amolecida
300 gr de farinha
1 c. chá de fermento em pó
Sal e pimenta q.b

  • Cortar todos os legumes em pedacinhos pequenos.
  • Cozer a cenoura e o feijão verde em água e sal durante 5 minutos.
  • Depois colocar a curgete e o pimento por mais 3 minutos a cozer.
  • Escorrer e reservar para que arrefeçam.
  • Ligar o forno a 180ºc e preparar uma forma de bolo inglês, untando e enfarinhando ( ou com spray desmoldante).
  • Com a batedeira eléctrica, bater durante 5 minutos a manteiga.
  • Adicionar as gemas uma a uma, batendo bem entre cada uma.
  • Deitar a farinha com o fermento, uma pitada de sal e a pimenta.
  • Envolver tudo muito bem.
  • Juntar os legumes frios e escorridos e envolver na massa.
  • Bater as claras em castelo firme e depois acrescentar à mistura em movimentos delicados.
  • Deitar na forma e levar ao forno por 40 minutos, fazendo o teste do palito para confirmar a cozedura.
  • Deixar arrefecer uns minutos na forma e depois retirar para uma rede metálica.

As fotografias não estão as melhores, eu sei, mas foram tiradas de noite e ainda não comprei uma luz de estúdio para compensar a falta de luz natural...Ser autodidacta com pouco fundo de investimento tem destas coisas....

Bem bom...

quarta-feira, Outubro 23

Paté de Sardinha

Por vezes gosto de começar uma refeição com algo mais requintado.
E uma boa entrada é sempre um bom augúrio de uma refeição plena.
Foi o caso deste paté que abriu o jantar deste último Sábado.
 Acompanhado com pão alentejano, bem fresquinho foi sem dúvida um belo começo...



Paté de Sardinha 

2 latas de sardinha em óleo vegetal Nero
1/2 cebola picada
2 dentes de alho picado
Sumo de limão q.b
1 pacote de natas
Salsa picada
Sal e pimenta a gosto
Maionese (opcional)

  • Escorrer o óleo das sardinhas e com um garfo desfazê-las.
  • Juntar a cebola o alho e a salsa picada com as sardinhas e envolver bem.
  • Regar com o sumo do limão e temperar com o sal e a pimenta.
  • Por fim deitar as natas e mexer até estar um creme homogéneo.(pode acrescentar a maionese neste ponto).
  • Rectificar os temperos e levar ao frio por umas horas para que fique mais sólido.
  • Servir com pão alentejano ou tostas.


Bem bom...

quarta-feira, Agosto 14

Bôla de Carapau de Conserva


Férias, tempo de lazer, tempo para relaxar, para estar com a família, para ler, para estar em boa companhia e com algo fresco na mão...
É também tempo de picnics e de praia.
E para qualquer uma das hipóteses esta bôla é mais que indicada.
Levá-la dentro do cesto ou do saco térmico, cortada em quadrados, acompanha bem uma bebida fresca...



Bôla de Carapau de Conserva
receita aqui

5 ovos
2 cháv. de leite
2 cháv. de Óleo 3 Ás Fula
3 cháv. de farinha
2 c. sopa de fermento em pó
2 c. de sopa de queijo ralado

Recheio:
2 ovos cozidos
1 tomate picado, sem sementes
Oregãos q.b
Azeitonas verdes Oliveira da Serra q.b
1 conserva de Carapau em óleo vegetal, Nero
1 conserva de Carapau em óleo vegeta picante, Nero

  • Na liquidificadora, colocar todos os ingredientes excepto o fermento, o queijo e os ingredientes do recheio.
  • Bater tudo e depois juntar o fermento e o queijo mexendo bem.
  • Deitar numa forma ou pirex protegido com papel vegetal. Reservar.
  • Recheio:
  • Retirar o óleo aos carapaus e partir grosseiramente para uma tigela.
  • Juntar os ovos partidos, as azeitonas e os oregãos.
  • Incorporar tudo e depois espalhar tudo por cima da massa da bôla.
  • Levar ao forno a 180ºc até estar douradinho e cozido.


Bem bom...

terça-feira, Abril 30

Embrulho de Queijo


Adoro produtos novos. 
Descobrir novos sabores e inovações. 
Adorei descobrir os doces Meia.Duzia, com as suas bisnagas a puxar pela veia artística de uma foodie como eu...
O problema foi escolher qual deles provar primeiro...
Comecei pelo Doce Extra de Maçã Bravo Esmolfe com Hortelã e Vinho do Porto.
E digo-vos que comecei mesmo,mesmo muito bem...




Embrulho de Queijo
Receita retirada do Pinterest

1 placa de massa folhada rectangular
1 queijo Camembert

  • Abrir a placa e barrar com o doce uniformemente.
  • Colocar o queijo no meio da placa e ir fechando de modo a cobrir o queijo na totalidade.
  • Levar ao forno a 180ºc por 30 minutos ou até ficar dourado.
  • Retirar e servir com bolachas ou tostas.


Uma breve apresentação da empresa Meia.Duzia:
"Inspirados nas cores, na pintura e nos tubos de tinta acrílica e óleo, criamos e desenvolvemos uma nova utilização para as bisnagas de alumínio, usando-as para o embalamento das nossas famosas compotas."
Existem 22 combinações de doces, todos eles tentadores e inovadores na conjugação de sabores.

Podem ser adquiridos em Pack de Meia.Duzia, nos seguintes pontos de venda:
Loja 25th Project na Fábrica ASA – Guimarães (loja oficial)
Tentações Gourmet - V. N. Famalicão
Cantinhos das Aromáticas (Canidelo, em Vila Nova de Gaia)
Rota do Chá (Rua Miguel Bombarda, Porto)
Linha 22 (Rua dos Clérigos n.º 23 Porto
20 intensus (Rua 20, 610 - Espinho)
Delight Store (Largo do Paço, nº16-Braga)
B-Shop no Museu Berardo (CCB em Lisboa)
Memórias & Segredos (Rua Almirante Pessana, n.º 14 – Chiado, Lisboa).
Casa da Avó Gama (Rua Serpa Pinto n.º 31 R/C - Torres Vedras)
Olivinus Mercearia (Espinho)
Garfo & Rolha (loja venda online)
Wine Spiritus (loja venda online)


Bem bom...

sexta-feira, Março 15

Focaccia de Tomate, Azeitonas e Alecrim

Hoje deixo vos uma ideia para fazerem no fim de semana. 
Podem usar outros ingredientes mas aviso vos que esta combinação resulta mais que bem....
Como este fim de semana o sol deve dar o ar da sua graça, cortem a focaccia em fatias, embrulhem num pano, coloquem na cesta de pic nic e façam uma caminhada no campo ou junto ao mar.
 Depois parem para descansar e para saborearem uma fatia de focaccia e acompanhem com uma bebida a gosto. 
Vão adorar...


Focaccia de Tomate, Azeitonas e Alecrim
Receita do livro "200 Receitas Pão" Joanna Farrow

475 gr farinha de trigo
1 c. chá de açúcar
1 c. chá de sal
1+1\2 c. chá de fermento biológico seco
3 c. sopa de azeite
275 ml de água

200 gr de tomate cherry
Pés de alecrim
Azeitonas pretas
1 c. chá de Flôr de Sal
3 c. sopa azeite

  • Colocar na cuba da mfp os ingredientes líquidos e depois os secos.
  • Escolher o programa de Massa, 1h30m.
  • Quando o programa terminar, colocar a massa numa superfície enfarinhada e estendê-la em formato oval.
  • Com o dedo fazer pequenos buracos e neles colocar o tomate com o alecrim e noutros as azeitonas.
  • Polvilhar com Flor de Sal  e deixar repousar, destapado, 20 minutos.
  • Ao fim desse tempo pré aquecer o forno a 200ºc e regar a focaccia com o azeite.
  • Levar ao forno por 15 minutos até estar dourado.
  • Servir morno ou frio regado com azeite.

Nota:
Como tinha as azeitonas temperadas em azeite, alhos e oregãos usei esse mesmo azeite para regar a focaccia. Ficou com um travo a alho fantástico. Caso tenham recomendo o que usei.

Bem bom...


quinta-feira, Janeiro 24

Pão Rápido de Queijo e Iogurte/ Cheese and Yogurt Quick Bread

Eu até gosto do Inverno, do friozinho, da lareira, de beber bebidas quentinhas que nos aquecem as mãos, de usar meias grossas e fofas, de dormir a ouvir a chuva ligeira nas janelas, dos dias em que o sofá, uma manta e uma sessão de filmes em familia são tudo o que preciso, de comer dióspiros, de comer comidinha reconfortante ...

Pão Rápido de Queijo e Iogurte/ Cheese and Yogurt Quick Bread
Receita do blog "Kirbie's Cravings"

3 cháv. farinha
1 c. sopa de fermento em pó
1\2 c. chá de sal
1 cháv. de queijo ralado (usei emmental, na receita original sugerem Cheddar)
1+1\4 cháv. de leite
3\4 cháv. iogurte grego natural
3 c. sopa de manteiga derretida
1 ovo L
* salsicha cortada em pedaçinhos (usei para gastar uma coitadinha que sobrara)

  • Pré aquecer o forno a 180ºc e forrar com papel vegetal uma forma de pão ou de bolo inglês. Pulverizar com spray ou untar e enfarinhar.
  • Numa tigela larga deitar a farinha, o fermento e o sal.
  • Adicionar lhe o queijo ralado e mexer com um garfo.
  • Deitar o leite, o iogurte grego, a manteiga derretida e o ovo.
  • Mexer sempre com o garfo, até estar tudo envolvido mas não mexer em demasia.
  • Caso queira deitar carnes frias, com eu, esta será a altura, envolvendo tudo.
  • Deitar na forma e levar ao forno por 45-55 minutos até estar dourado e que o teste do palito saia limpo.
  • Deixar arrefecer na forma um pouco e depois retirar para uma grade, ou servir.


...e de saber que lá fora chove mas em casa temos tudo o que queremos para nos sentirmos abençoados.


Mas já estou enjoada deste tempo, de tanta chuva e ventania...
OHHHHHH Primaveraaaaaaaaaaa..................

Bem bom...

quarta-feira, Maio 2

Paté de Sardinha

***Feirado. Dia do trabalhador. Fartei-me de trabalhar. Lanche ajantarado merecido.*** 



Paté de Sardinha
Fonte: "Cozinhar, Celebrar e Partilhar",Joana Roque

1 lata de sardinhas em molho de tomate
Salsa q.b
Tabasco q.b
Maionese q.b**

  • Abrir as latas, retirar as sardinhas e reservar o molho de tomate.
  • Separar a espinha dorsal (ao meio) da sardinha.
  • Numa taça colocar as sardinhas, a salsa picada, a maionese, o molho de tomate e o tabasco a gosto.
  • Misturar tudo de modo a que as sardinhas se desfaçam e fique tudo em patê.
  • Levar ao frio e servir fresco com tostas ou pão.
**Não coloquei apenas as 2 c. de sobremesa de maionese que a Joana sugere pois achei que o paté ficava muito consistente e também porque gostamos de maionese  : p


Bem bom...

segunda-feira, Janeiro 2

Bola de Carnes Rápida

Quero desejar a todos um Bom 2012 e que seja melhor do que pensamos...Espero que tenha corrido tudo bem nas festas e nas comemorações em família...As minhas foram memoráveis e agradeço a todos que comigo partilharam tantos momentos bons!!!Obrigada do fundo do meu coração!

Agora vamos a uma receitinha que nos pode ajudar a livramos nos dos restinhos de enchidos ou até carnes frias que sobraram...

É mesmo rápida, acreditem!!
Na receita dizia 30 minutos no forno, no meu esteve 20 minutos apenas....Deliciosa e rápida que pode muito bem salvar um almoço ou jantar inesperado, servir como entrada, ou para um lanche no escritório, quem sabe!

Façam...

Bola de Carnes Rápida








6 ovos
1 copo de leite (usei o cup de 250 ml)
3\4 copo de óleo
3 copos de farinha
2 c. de chá de fermento em pó
1 chouriço
Fiambre
Bacon (não coloquei)


Inspirado do blog Zélinha


  • ´Pré aquecer o forno a 200ºc e forrar um tabuleiro com papel vegetal e com spray Espiga.
  • Bater os ovos com o óleo, por 5 minutos com a batedeira.
  • Juntar aos poucos o leite , não parando de bater.
  • Vá juntando o farinha e o fermento aos pouco para que não se formem grumos.
  • Por fim deitar as carnes cortadas aos cubinhos e envolver.
  •  Colocar tudo no tabuleiro e levar ao forno 30 minutos (ou 20 como no meu caso!), fazendo o teste do palito a meio do tempo.

Bem bom...


terça-feira, Outubro 11

Folhadinhos de Farinheira

Mais uma inspiração no livro "Feito em casa" da Joana Roque.
Servi os num fim de semana a um casal amigo e todos apreciaram. São tão simples de se fazer que até num bocadinho de tempo podem faze-los e depois congela-los para quando precisarem.

Folhadinhos de Farinheira

1 embalagem de massa folhada (utilizo a do Lidl por ser quadrada e de optima qualidade)
1 farinheira, sem pele
1 ovo
Sementes de sésamo

  • Cortar a folha de massa folhada em quadrados iguais.
  • No centro de cada quadrado colocar um pouco de farinheira.
  • Unir as pontas e fazer uma trouxinha.
  • Para o efeito que aparece na foto, tem de dar um corte em cada ponta do quadrado de cerca de 1 cm, depois levar ao centro alternado as pontas ate completar. (se souberem fazer moinhos de vento de papel e tal qual o mesmo método)
  • Pincelar com ovo batido e deitar as sementes em cima.
  • Congelar ou fazer nesse momento , colocando os no forno a 180ºc até dourarem.


Podem utilizar se também outros recheios: queijo creme com nozes, alheira, fiambre, pasta de atum,salmão fumado...
Apreciem!!!

Bem bom...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...